Na Bicicletada, ciclistas pedalam em massa por São Paulo toda última sexta do mês

domingo, 25 de janeiro de 2015

A cidade de São Paulo é bastante conhecida pela diversidade de oferta cultural, vários museus, programação intensa de filmes, peças de teatro, shows, vida noturna agitada. Para quem gosta de esportes, as atividades muitas vezes restringem-se a clubes e espaços privados. Também existe a opção de praças, parques e outras áreas públicas que, frequentemente, ficam lotadas aos fins de semana.

Uma alternativa para praticar exercício físico e, ao mesmo tempo, celebrar a ocupação das ruas com outras pessoas é a Massa Crítica, também chamada de Bicicletada, que acontece toda última sexta-feira de cada mês. O encontro aberto e gratuito é uma “coincidência organizada” festiva de ciclistas que utilizam a bicicleta como meio de transporte, mas também por aqueles que a usam somente por esporte ou lazer.

A cada edição, mais de 200 pessoas reúnem-se na Praça do Ciclista, localizada na Avenida Paulista com a Rua da Consolação – famoso ponto de encontro onde grupos marcam saídas para pedaladas – e oficializada pela Prefeitura de São Paulo com a denominação em 2007, após anos de luta dos cicloativistas.

A italiana Michela Ciminello veio a São Paulo para estudar e, desde que chegou à cidade, sentia falta de andar de bicicleta. “Estava com saudade da magia de pedalar, então conheci a diversidade de ciclistas na Bicicletada e gostei demais do povo! Para uma moradora e turista como sou, ver a cidade sobre duas rodas é algo diferente e apaixonante”, confessa a estudante.

Mas uma coisa existe em comum entre todos os participantes: o gosto pela “magrela”. Outros veículos não-motorizados também são bem-vindos, como skate, patins, patinete e, eventualmente, alguns acompanham o percurso a pé. Pessoas de qualquer idade podem participar; basta levar o bom humor, boa dose de disposição e subir na bike.

A Bicicletada não possui trajeto fixo – a cada vez é feito um caminho diferente – e também não tem liderança, hierarquia, nem filiação partidária. É um movimento horizontal e democrático que agrupa pessoas de origens diversas, com as mais diferentes motivações: seja para divulgar a cultura da bicicleta e reivindicar espaço público para esse meio de transporte, manter a forma física, encontrar amigos, para conhecer gente nova ou, simplesmente, pedalar em grupo.

Pedal das meninas
Para o público feminino que preferir interação com outras ciclistas, existe também o grupo das Pedalinas, coletivo que realiza pedaladas todo primeiro sábado do mês, nos mesmos moldes da Bicicletada. Além da pedalada, as participantes têm oportunidade de discutir sobre diversos assuntos, aprender como conduzir o veículo nas ruas e noções sobre mecânica de bicicletas, entre outros temas e atividades programadas, que são divulgadas no site: pedalinas.wordpress.com

Serviço:
Bicicletada – Massa Crítica
Data: toda última sexta-feira de cada mês.
Local: Praça do Ciclista.
End.: cruzamento da Avenida Paulista com Rua da Consolação – Cerqueira César.
Horário: concentração a partir das 18h e saída às 20h.
Site: www.bicicletada.org