Home O que visitar

 

 

 

Estação da Luz


Estação da Luz. Foto: Caio Pimenta/SPTuris.

Aberta ao público em 1º de março de 1901, a Estação da Luz ocupa 7,5 mil m² do Jardim da Luz, onde se encontram as estruturas trazidas da Inglaterra que copiam o Big Ben e a abadia de Westminter. Não houve inauguração, já que o tráfego foi sendo deslocado aos poucos, mas não demorou muito para que o novo marco da cidade fosse considerado uma sala de visitas de São Paulo. Todas as personalidades ilustres que tinham a capital como destino eram obrigadas a desembarcar no local. Empresários, intelectuais, políticos, diplomatas e reis foram recepcionados em seu saguão e por lá passavam ao se despedirem.

 Detalhe da Torre do Relógio - inspirada no londrino Big Bang. Foto: Caio Pimenta/SPTuris. 

 A estação tornou-se porta de entrada também para imigrantes, promovendo a pequena vila de tropeiros a uma importante metrópole. Esta importância, concedida à São Paulo Railway Station, como era oficialmente conhecida, durou até o fim da Segunda Guerra Mundial. Após este período, o transporte ferroviário foi sendo substituído por aviões, ônibus e carros, muito mais rápidos que os trens.

Em 1946, o prédio da Luz foi parcialmente destruído por um incêndio. A reconstrução da estação foi bancada pelo governo e se estendeu até 1951, quando foi reinaugurada. Ela ainda passou por outras reformas e restaurações. Já em 1982 o complexo arquitetônico da Estação da Luz foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico (Condephaat).

Vista aérea da Estação da Luz. Foto: Caio Pimenta/SPTuris.

 

Galeria de Imagens: Estação da Luz




Serviço:

Estação da Luz
Horário de funcionamento: todos os dias, das 4h às 24h.
End.: Praça da Luz, 1 - Luz - São Paulo (Metrô Luz).
Grátis.
Tel.: 0800-55-0121.
www.estacaodaluz.org.br 

 




Banner
Banner


ARTIGOS MAIS LIDOS