Visite: entre em contato com um guia ou agente local.

Cemitério da Colônia

Créditos: José Cordeiro/ SPTuris.

História e Cultura

DESCOBRINDO O POLO DE ECOTURISMO DE SÃO PAULO 

Roteiro 1

Introdução: O roteiro tem como pontos de interesse histórico e cultural os atrativos relacionados à colônia alemã e, também, à presença de comunidades indígenas na região.

Pontos de Visitação: 

  • Cemitério da Colônia

Cemitério de Colônia. Foto: José Cordeiro/SPTuris

Serviço:
End.: Rua Sachio Nakao, 28 – Colônia
Horário: de segunda a sexta, das 7h às 18h. Sábados, das 09h às 17h.
Tel.: (11) 5921-4587/5921-9808.
Entrada: gratuita.

  • Igreja da Colônia

Igreja de Colônia. Foto: José Cordeiro/SPTuris

Serviço:
End.: Rua Nossa Senhora Aparecida, 01
Horário: de segunda a sexta, das 13h às 17h. Sábados, das 9h às 17h.
Tel: (11) 5978-4089/5978-4230
Entrada: gratuita.

  • Mirante da Cratera
Polo de Ecoturismo de São Paulo – São Paulo 10.12.2013 - Polo de Ecoturismo de São Paulo. Atrativos turísticos das regiões de Parelheiros; Marsilac e Borore. na foto; mirante da cratera. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

Mirante da Cratera de Colônia. Foto: José Cordeiro/SPTuris

Serviço:
End.: Estr. Eng. Marsilac – Emburá
Entrada: gratuita

Este roteiro inicia-se pelo bairro de Colônia, passando pelo Cemitério e Igreja da Colônia, locais históricos onde foi instalada a primeira colônia de imigrantes germânicos no Estado de São Paulo, e uma das primeiras do Brasil. O Cemitério da Colônia foi fundado em 1844, sendo o primeiro cemitério protestante do país e que ainda preserva as lápides construídas há mais de 170 anos. Já a Igreja da Colônia é originária do século passado e conserva as características arquitetônicas da época.

A 5km de distância do centro de Colônia, encontra-se o fenômeno geológico denominado Cratera da Colônia, que é o possível resquício de um fenômeno astronômico: o impacto de um corpo celeste com a terra. Estima-se que ele tenha ocorrido há cerca de 36 milhões de anos. O Mirante da Cratera de Colônia é um ponto que privilegia a observação, permitindo ao visitante, conhecer este impressionante fenômeno geológico da cidade de São Paulo. Patrimônio tombado pelo Conselho Estadual de Proteção ao Patrimônio Histórico (CONDEPHAAT), a Cratera é um círculo com 3,6 km de diâmetro que abriga importantes remanescentes de Mata Atlântica e vegetação de várzea,  onde residem 45 mil pessoas. Segundo especialistas, só existem mais seis crateras do tipo no Brasil, onze na América Latina e 170 no mundo inteiro.

Duração estimada do passeio: 8h.

Serviços de alimentação:

  • Restaurante Leishe (self-service)
    End.: Estrada da Colônia, s/n.
    Tel.: (11) 5921-3538.
  • Restaurante & Bar da Márcia (comida caseira, com serviço self-service)
    End.: Estrada Engenheiro Marsilac, 4170.
    Tel.: (11) 5921-3999.

Roteiro 2

Introdução: O roteiro tem como pontos de interesse os atrativos localizados na Ilha do Bororé, uma península que fica no entorno da Represa Billings, distante 40km do centro de São Paulo.

Pontos de Visitação:

  • Capela São Sebastião
Polo de Ecoturismo de São Paulo – São Paulo 24.10.2014 - Polo de Ecoturismo de São Paulo. Atrativos turísticos das regiões de Parelheiros, Marsilac e Borore. Na foto, Capela de São Sebastião. Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

Capela de São Sebastião. Foto: José Cordeiro/SPTuris

Serviço:
End.: Estrada de Itaquaquecetuba, 7529
Entrada: gratuita.

  • Armazém do Edinho
Armazém do Edinho. Foto: José Cordeiro/ SPTuris.

Armazém do Edinho. Foto: José Cordeiro/ SPTuris.

Serviço:
End.: Estrada de Itaquaquecetuba, 7530

  • Sítio Paiquerê e propriedade agrícola
paiquere capa

Sítio Paiquerê. Foto: José Cordeiro/SPTuris

Serviço:
End.: Rua São Genésio, 55
Horário: mediante agendamento.
Tel.: (11) 5974-2596.

O passeio começa na Ilha do Bororé, onde é possível conhecer a Capela de São Sebastião, construída em 1904, que mantém sua arquitetura e traços coloniais em azul e branco. Ao entrar na igreja, não deixe de observar o padroeiro São Sebastião, esculpido em madeira e com traços indígenas. Ao lado da Capela está o Armazém do Edinho, típico armazém construído há mais de cem anos, com arquitetura e fachada preservadas. Na frente, há um comércio e, na parte de trás, uma casa em estilo rural, com mobiliário antigo e imagens de santos.

A 600m de distância do Armazém está o Sítio Paiquerê, também conhecido como Ninhal das Garças, localizado às margens da represa Billings. Todos os anos, durante o verão, centenas de garças fazem seus ninhos na mata preservada do sítio. Após uma pequena trilha é possível avistar este belo espetáculo. Com diversidade de fauna e flora, o local propicia atividades de estudo do meio, educação ambiental ou observação.

No mesmo local, é possível conhecer a propriedade agrícola de Maria José Kunikawa (Tomi)que ao mostrar o seu espaço de cultivo, também fala sobre as práticas de manejo agroecológico. O paisagismo e o clima agradável dão um toque especial à visita.

Duração estimada do passeio: 6h.

Serviços de alimentação:

  • Armazém do Edinho (lanches e bebidas)
    End.: Estrada Itaquaquecetuba, 7529. Tel: (11) 98515-2371

Roteiro 3

Introdução: O roteiro tem como objetivo visitar um dos principais centros culturais do Polo de Ecoturismo.

Ponto de Visitação:

  • Casa do Rosário

Casa do Rosário. Foto: José Cordeiro/SPTuris

Serviço:
End.: Rua Amaro Alves do Rosário,  102 – Parelheiros
Tel. (11) 5920-8933/5921-7535

A visita começa na Galeria de Arte chamada Casa do Rosário, que tem um acervo permanente do melhor da Arte Popular Brasileira e recebe, a cada quatro meses, novas exposições individuais ou coletivas. A Galeria fica dentro do Centro Paulus, uma hospedaria singular que alinha simplicidade, arte e conceito num só espaço. Um dos pontos altos do local é a excelente culinária,  que vai do café da manhã com iogurtes, pães e geleias naturais, ao almoço e  jantar, que oferecem pratos orgânicos, com cozinha personalizada para vegetarianos e celíacos.

Duração estimada do passeio: 4h.

Serviços da alimentação:

  • Centro Paulus
    End.: Rua Amaro Alves do Rosário,  102 – Parelheiros
    Tel. (11) 5920-8933/5921-7535.


Informações Úteis:

  • Alguns atrativos só podem ser visitados com um guia local, o que tornará a experiência do visitante dentro do Polo de Ecoturismo ainda melhor( Conheça as agências e guias de turismo que atuam na região);
  • Verifique as condições climáticas antes de iniciar o seu passeio. Existem atrativos que estão localizados em estradas de terra e, em alguns casos, o acesso só será possível com veículos específicos. Verifique com o guia qual o veículo mais adequado para o passeio;
  • Certifique-se de que o atrativo a ser visitado estará aberto ao público no dia de seu passeio;
  • É necessário agendar a visita às aldeias indígenas (por telefone ou email). Ao chegar ao local, procure o cacique ou um líder da aldeia para informar da sua presença. Não tire fotos da aldeia e dos índios sem uma autorização do responsável no local;
  • Use calçados e roupas confortáveis;
  • Leve boné, protetor solar e repelente;
  • Utilize mochila para carregar seus pertences com segurança nos passeios;
  • Tenha sempre na mochila água e frutas.